Odeio despedidas - eu sei que dizer isso é um cliché - mas eu odeio mesmo e tenho o meu motivo, que vou passar a explicar.

Se por si só uma despedida já consegue ser horrível, agora imaginem o que é uma despedida como aquela que eu vou contar. 
Fui levar duas pessoas que ao aeroporto, a R. e o D. e, quando chegou a hora de eles entrarem para aquela zona onde só podem entrar mesmo as pessoas que vão viajar, ficamos separados por um vidro e o D. de apenas 2 anos (na altura) começou a chorar e a chamar por mim aos gritos.

Se eu já odiava despedidas, a partir daquele episódio eu nunca mais me quis despedir de ninguém, as pessoas dizem-me "vou viajar" e eu muito solenemente respondo "boa viagem" e pronto! Chamam-me insensível, mas ver o meu D. a chorar por mim daquela maneira fez com que ficasse assim, por isso quem ler isto já sabe que não se pode despedir de mim.

With love,