/ INTERVIEWS | André Fernandes | WELCOME TO PARADISE

14 de dezembro de 2013

INTERVIEWS | André Fernandes


O André viveu uma experiência que qualquer um de nós pode viver - ou já viveu - e decidiu partilhá-la com todos nós, através do Tia Guida, para que isso nos faça ver de outra forma a doença aterrorizadora que é o cancro. Sim, cancro. Foi devido a ele, que a tia Guida, a tia do André, passou a ser a minha tia também. E a vossa, a de todos. Não pude deixar de partilhar convosco o Tia Guida e não encontrei forma mais interessante do que convidar o André a participar neste projecto, ao qual ele aceitou imediatamente e tenho a agradecer-lhe pelo tempo que dedicou ao blog e a isto. 




1 - O que te levou a escrever o "Tia Guida"?
Queria provar à minha tia que a sua luta, o seu amor pela vida, a sua capacidade de superar as metas que lhe foram dadas pelo cancro, tudo isso, valia a pena. Não só pela sua família e amigos, mas por todas as vidas que iria inspirar, com o seu testemunho e exemplo. Queria que o livro - o projecto do livro - a agarrasse ainda mais à luta. Escrevi também para tentar ajudar, para além dos doentes que questionam se valerá a pena aguentar, todos os que os acompanham e apoiam no amor e que se questionam e sofrem quase de igual forma. Foram essas as minhas motivações.

2 - O que sentes ao ver tantas pessoas a ler e a elogiar o livro, tendo chegado à 3ª edição em tão pouco tempo?
Fico verdadeiramente feliz. Verdadeiramente orgulhoso por saber que o amor que a minha tia me tem, e que eu lhe tenho, anda por aí a gerar reacções tão positivas, a ter um impacto na vida de todos os que com ele contactam, a acrescentar algo à vida dessas pessoas e à nossa enquanto família. Amigos, conhecidos, desconhecidos. Humanos ligados numa mensagem tão humana como a do e da Tia Guida. É uma sensação extraordinária que me enche de gratidão por ter tido uma tia tão especial e por poder partilhar com o mundo parte de si e da sua mensagem. 

3 - Como te sentiste quando viste, finalmente, o teu livro publicado?
Foi uma sensação ligeiramente estranha. Principalmente quando vi os exemplares em loja. Muitas vezes a serem folheados e analisados por pessoas que nunca conheci na vida e que talvez nunca vá conhecer! É um misto de felicidade explosiva, orgulho de missão cumprida e consciencialização crítica de que, agora, todos vão ter acesso àquele pedacinho de mim. E, nos primeiros tempos existe sempre aquele receio - principalmente tratando-se de uma primeira aventura literária - de que a mensagem não seja bem recebida ou percebida. Mas, depois, é como uma longa viagem: rendemo-nos ao percurso, encostamo-nos no banco e desfrutamos do que tiver para nos oferecer. E esta tem sido das melhores viagens da minha vida! É um orgulho ver um sonho tornado real: o livro nas bancas, a minha tia pronta a ser lida e conhecida, pronta a ajudar quem passe pelo mesmo, pronta a perceber que, sim, valeu mesmo a pena.

4 - O que dizem os teus familiares e amigos sobre o Tia Guida?
 A minha família gosta do livro. O meu tio e a mãe da minha tia Guida, encontram neste projecto uma espécie de prolongamento da minha tia. Como a conhecem bem, sabem que isto a deve encher de orgulho, felicidade e amor. E, por isso, alegram-se pelo impacto da sua mensagem. Depois, creio, alegram-se por mim, por me verem realizado neste primeiro projecto mais sério e mais a sério. 
Quanto aos meus amigos, alguns já leram, outros ainda não, mas todos têm sido extraordinários no feedback e no apoio que têm dado à obra. A destacar o papel dos três que refiro no livro e da irrepreensível Maria Bradshaw e o seu guitarrista e amigo João Ferreira, que, em troca de apenas pura amizade, se envolveram no projecto como se fosse seu. Estar-lhes-ei eternamente grato.


5 - Porquê que decidiste expor a história da tua tia a toda gente, através de um livro?
 Expus, porque achei que, se pudesse ajudar pelo menos uma pessoa, pelo menos uma vida, teria valido a pena. Não temos de passar por nada sozinhos. Estamos unidos na experiência. E, sem partilha, nunca perceberemos isso. Quis partilhar o nosso testemunho para quebrar essa falsa ilusão da experiência.

6 - Alguma vez pensaste que este livro iria ter tanto sucesso?
Tento não pensar em números. Tento pensar em pessoas. Em vidas. De cada vez que vejo uma vida afectada pelo tia Guida, sinto que alcancei sucesso. Esse é o meu sucesso. Sabia que ia afectar vidas, não sabia que ia afectar tantas. Pelo menos não tão depressa! E fico muito feliz por isso.

7 -  Achas que a história presente no Tia Guida poderá vir a ajudar alguém que se encontre na mesma situação que os teus familiares se encontraram quando souberam do problema da tua tia?
Acredito que sim. Acredito que o livro possa ajudar também todos os que acompanham alguém que sofra de uma doença desta dimensão. Expondo a minha vulnerabilidade resultante do contacto (in)directo que tive com o cancro, procuro chegar a todos os que encontram a sua, nesse contacto, ajudando-os a lidar com ela, a aceitá-la. É esse o meu desejo.

8 - Fala-nos sobre o livro. Aspectos que queiras que saibamos sobre ele.
 O livro é sobre vida. É sobre o dar a mão constante entre quem se encontra doente e quem o acompanha na doença. O dar a mão espelhado na capa. É sobre a tia Guida. A minha, a vossa. A de todos nós.

Extra: Podem encontrá-lo em qualquer FNAC, na Bertrand do Chiado, encomendar nas restantes Bertrands ou nos sites de ambas as superfícies mencionadas. Existe, ainda, para compra online, no Wook e, para leitores que vivam no Brasil, na Livraria Cultura.

Encontrem o André e o Tia Guida aqui:
Podem utilizar a hashtag #TiaGuida sempre que falarem sobre o livro quer no twitter, quer no instagram ou facebook. Boas leituras!

With love,




Share:

3 comentários

  1. Lindoo!! Uma verdadeira mensagem que todos deviamos seguir!

    ResponderEliminar
  2. GIVEAWAY! Tens a oportunidade de ganharem um voucher de 30 dólares para gastares na Romwe! Aproveita! <3

    http://fashiongetsfierceblog.blogspot.pt/2013/12/romwe-giveaway-30-voucher.html

    ResponderEliminar
  3. Que bonito :) Obrigada por partilhares*

    ResponderEliminar

© WELCOME TO PARADISE | All rights reserved.
Blog Design Handcrafted by pipdig