Ph. Via Pinterest

Como sabem, há vários tipos de pele - claras, escuras, oleosas, secas, mistas - e, como tal, na hora da maquilhagem cada um deles merece cuidados e produtos adequados. Assim sendo, é muito importante saber qual a base adequada à nossa pele, sabermos reconhecer o nosso tom e sabermos como podemos tirar o melhor partido da nossa base. É crucial entendermos que a base não serve para dar cor nem tirar cor - para isso existem outros produtos - mas sim para uniformizar a pele e esconder algumas das nossas imperfeições. Na publicação de hoje, conto-vos tudo o que sei sobre este assunto por isso, se ficaram curiosos ou se têm muitas dúvidas relativamente a este assunto, continuem a ler.

 O BB CREAM

Para começar, quero dizer-vos que o BB Cream não é uma base mas sim uma espécie de creme hidratante com alguma cor. Este vai dar-vos hidratação e cor de uma forma equilibrada mas não é, de todo, adequado para quem quer coberturas mais intensas e perfeitas - mesmo que já existam produtos fantásticos no mercado.

PRÉ-BASES / PRIMER

Antes da base, podemos (e devemos) aplicar uma pré-base que vai preparar a nossa pele para receber a base e a restante maquilhagem. Este produto matifica as peles mais oleosas e hidrata as mais secas, fazendo com que a textura da pele se uniformize.



Born This Way - Too Faced // Make Up For Ever - Ultra HD em stick // Naked Skin (bb cream) // Make Up For Ever - Ultra HD

A BASE E A PELE

Acho que é do conhecimento geral que há vários tipos de base - líquidas, cremosas (em stick) e em pó - e na hora da escolha conhecer a nossa pele é um factor importantíssimo.

Pele mista - A pele mista é a mais comum. Tem o seu q.b de seca e de oleosa e é, portanto, a mais equilibrada. Para este tipo de peles, a base mais adequada é a base líquida. Aliás, na dúvida, o melhor é optarem sempre pela base líquida à base de água uma vez que é a mais equilibrada.

Pele oleosa - Neste caso, a base em pó é a mais adequada. Mas, atenção, é importante que na embalagem diga "oil free/livre de óleo". Esta base, como é mais seca, vai acabar por secar a pele e disfarçar a oleosidade.

Pele seca - As bases em stick são as mais adequadas para peles secas uma vez que são mais cremosas e, portanto, deixam a nossa pele mais hidratada.


Pincéis de base: Marc Jacobs, Hourglass e Zoeva // Foundation Set - Real Techniques // Beauty Blender (não está na imagem)

APLICAÇÃO

A maneira como aplicamos o produto é também importante para obtermos o resultado perfeito. Há três tipos de aplicação: com as mãos, com pincéis e com as famosas esponjas.

Mãos - Não há mal nenhum em espalhar o produto com as mãos, apenas temos que ter atenção para que fique tudo uniforme. O truque é espalhar de dentro para fora (como se fosse o nosso creme diário) e só parar de espalhar quando deixamos de ver o produto na pele.

Pincéis - No caso de optarmos pelos pincéis, os mais adequados são os redondos uma vez que não deixam as cerdas marcadas no rosto. Depois é só espalhar em movimentos circulares e voilá!

Esponja - Quando usamos a esponja podemos obter resultados muito diferentes mesmo usando a mesma base e a mesma esponja. Se a esponja estiver seca vão obter uma cobertura mais intensa, por outro lado, se a usarem molhada, vão obter um acabamento muito mais natural. Se optarem pela esponja molhada, podem molha-la com água e espreme-la muito bem antes de usar (só queremos a esponja húmida, não encharcada!) ou então humedecer com água termal ou fixador de maquilhagem.


Água de beleza - Caudalie // Fixador de Maquilhagem - O Boticário, M.A.C e Urban Decay // Fixador de Maquilhagem MATTE - NXY

 PÓS BASE

Aquilo que normalmente se usa depois da base (ou da maquilhagem toda) é um fixador de maquilhagem, que vai fazer com a nossa maquilhagem continue bonita durante muito tempo. Porém, no dia-a-dia (isto é, numa ocasião menos informal), podem usar água termal. Esta vai deixar a vossa maquilhagem mais natural, refrescar-vos a pele e fazer com que a maquilhagem dure mais tempo (apesar de não durar tanto tempo como se usarem um fixador).
Para as pessoas com a pele oleosa - e atenção, este passo não é mesmo recomendado para peles secas - podem ainda usar um pó (translúcido, de preferência) para matificar um pouco mais a pele.


 O TOM CORRECTO

Este é, provavelmente, o ponto que vocês mais esperavam e no qual têm mais dificuldades. Como sabem, existem vários tons de pele e por vezes é difícil acertar no nosso mas um dos maiores conselhos que vos posso dar é que peçam ajuda a um funcionário. Tentem testar sempre que possível e de preferência com uma iluminação neutra para que não influencie o tom da base.
O melhor sítio do rosto para testar é na zona do contorno (abaixo do osso da face). Acreditem, se nessa zona o tom ficar parecido ou igual, é o certo!


DICAS

Se depois de toda a maquilhagem, repararem que têm algumas peles levantadas, coloquem água termal;
É importante que coloquem pouco produto de cada vez e vão adicionando se necessário. Sempre com atenção no que vos disse no início, a base não serve para dar nem tirar cor mas sim para uniformizar!


Por último, quero apenas dizer-vos que os produtos das imagens não são meramente ilustrativos mas produtos que recomendo e que são realmente muito bons.

GuardarGuardar
GuardarGuardar