Apesar de conhecer muitas pessoas que são totalmente contra o dia dos namorados "porque o amor deve ser celebrado todos os dias", tenho que confessar que não sou, de todo, uma delas. É verdade que o amor deve ser celebrado todos os dias mas, para mim, o dia dos namorados não implica o contrário. É simplesmente uma data em que podemos celebrar mais um bocadinho a dedicação diária, o amor e, muito importante, a amizade.

Eu e o João não temos por hábito oferecer presentes um ao outro neste dia. Nunca tivemos. Preferimos dividir experiências e momentos, porque achamos mais especial e, de certa forma, mais marcante. E é exactamente por isso que decidi não vos trazer sugestões de presentes mas sim algumas ideias para passaram momentos incríveis a dois. 

ESCAPADELA ROMÂNTICA 

Quando falo em espadela romântica não quero dizer que tenham que sair do país - pode ser, obviamente e, se tiverem possibilidades, façam-no - mas sim que saiam da rotina, que vão a um sítio diferente, que conheçam um local novo. 

JANTAR A DOIS

Ir, finalmente, aquele restaurante que querem muito experimentar mas que, por algum motivo, acabaram por adiar sempre. Provar uma ementa diferente - por exemplo, aquela comida típica de um determinado país que sempre tiveram algum receio de provar. 

(MINI) CRUZEIRO

Se são do Porto e nunca andaram de barco no Douro, aproveitem. Podem fazer o cruzeiro das seis pontes por um preço bastante acessível ou, se preferirem, subir o Douro de barco até à Régua. Tenho a certeza que ambas serão experiências incríveis.

RELAXAR

Podem aproveitar para ir a um spa, experimentar uma massagem, ficar horas num jacuzzi... Ou, se por algum motivo não têm possibilidades para tal, podem preparar o vosso spa em casa, o que importa é estarem juntos e aproveitar o dia para ficar off de todos os problemas e preocupações.

Se quiserem mimar a vossa cara metade com um presente mas não têm ideias, podem ver esta publicação porque, espero, vai ajudar-vos. 

Amem(-se) muito!